Vídeo: Microsoft o futuro tecnologico

Vídeo: Microsoft mostra sua visão do futuro da tecnologia

A Microsoft de tempos em tempos publica um vídeo onde a empresa mostra qual a sua visão para o futuro. Todos eles tentam responder a pergunta: “como as tecnologias emergentes podem transformar a forma como fazemos nossas tarefas em 5 a 10 anos no futuro?”

No mais novo vídeo da serie, eles tentaram explorar e muito a conectividade entre os mais diversos tipos de gadgets, como tablets, TVs, monitores, smartphones e até mesmo outros dispositivos vestíveis, como pulseiras.

O vídeo ainda mostra dispositivos com telas dobráveis que podem ser controlados tanto pelo toque, como também por gestos, por voz ou ainda por canetas como a Stylus do Surface Pro 3. Não está claro no vídeo que os comandos de voz são feitos via Cortana, porém, digamos que está implícito.

futuro-microsoft3

Os dispositivos apresentados no vídeo seriam meio que multiuso. A pulseira, por exemplo, além de servir como acessório, ainda se transforma num relógio inteligente e numa chave. Depois ela é conectada a um grande computador e o usuário dá continuidade a seus trabalhos por lá mesmo. Vemos também tablets que são feitos basicamente de uma tela de vidro que se transformam em porta retratos ou uma tela para vídeo-chamada. O mesmo acontece com os monitores gigantes, que lembrar um pouco o novo Microsoft Surface Hub.

No mundo perfeito da Microsoft tudo estaria conectado, mas vale comentar que para isso precisaríamos de duas coisas essenciais: a primeira seria que todos teriam que usar dispositivos compatíveis. Possivelmente da mesma fabricante e com o mesmo S.O.; segundo, contrariando a primeira, é demasiadamente complicado imaginar tantos gadgets interagindo entre si rodando diferentes plataformas, ou ainda, hardwares construídos por diferentes fabricantes, o que nos leva de volta aos diferentes sistemas operacionais e a questão de que seria necessária uma grande “abertura” dos softwares de uma forma em geral.

futuro-microsoft2

Sendo assim, o mais plausível que podemos tirar desse vídeo são as coisas que dependem exclusivamente das novidades propostas por uma única fabricante. Então, se tudo rodar o Windows, por exemplo, realmente podemos acreditar no compartilhamento simples de dados, telas enormes com informações interativas, dispositivos controlados a distância, comandos de voz, os hologramas e tudo mais. Esse último inclusive já é uma realidade devido a chegada do HoloLens, dispositivo lançado pela própria Microsoft que é considerado o primeiro computador holográfico do mundo.

E você, o que achou de tudo isso? Será que realmente veremos algo do tipo no mercado em 5 ou 10 ano como prevê a Microsoft?

Fonte: WindowsTeam